Entusiasmo geral marca o início do Viagem Literária

Participantes de 76 cidades do estado de São Paulo se reúnem para troca de informações sobre o programa e primeiro contato com os grupos de contação de histórias

DSC_9206Foto: Clima de integração entre participantes da 12ª edição do ‘Viagem’ para guardar na memória/Crédito: SP Leituras

Com o auditório da Biblioteca de São Paulo lotado de profissionais de bibliotecas de 76 municípios paulistas, foi dada a largada, no último dia 8 de abril, na 12ª. edição do Viagem Literária.

Criado em 2008, este é um programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, realizado pela Organização Social SP Leituras por meio do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB).

A cada ano, o Viagem Literária tem como foco alargar as fronteiras da leitura, aproximando contadores de história, mediadores de leitura e o público. Ao fazer isso, tenta cumprir um de seus papéis, de indutor de programação cultural, incentivando os bibliotecários e as bibliotecas a serem protagonistas e trabalharem com talentos locais.

Neste, que foi o encontro inaugural do Viagem Literária de 2019, Pierre André Ruprecht, diretor executivo da SP Leituras, enfatizou a importância do programa dentro do conceito de “biblioteca viva”. “Não se trata de tirar o foco do acervo, mas é preciso incluir outras demandas e saberes. Ao bibliotecário do século XXI cabe mostrar todas as potências que existem dentro de uma biblioteca”.

Marcos Kirst, superintendente de Programas e Projetos da SP Leituras, destacou a importância das contrapartidas que cada município deve assumir na preparação do público, na divulgação e no uso da criatividade para atrair mais pessoas para a biblioteca e fazer do evento um grande momento cultural e democrático para a cidade.  Também esteve presente Christiano Lima Braga, coordenador da Unidade de Difusão Cultural, Bibliotecas e Leitura, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, que sublinhou o protagonismo das bibliotecas e da leitura na transformação dos indivíduos.

O primeiro encontro funciona como uma espécie de aquecimento para a “viagem” que acontecerá a partir do dia 6 de maio. Nela, 15 grupos de contação de histórias garanhão as estradas, alcançando municípios de todas as regiões do estado, com suas  apresentações para todas as idades nas bibliotecas públicas das cidades selecionadas.

Confira a programação aqui: https://viagemliteraria.org.br/o-viagem-literaria-esteia-em-maio-confira-a-programacao/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *